Tatiana Plotnikova

Tatiana Plotnikova
21/04/2018 a 03/06/2018

 As pessoas retratadas por Tatiana Plotnikova vivem na Terra. Eles conhecem o segredo da convencionalidade do tempo. Com base num conhecimento coletivo que se formou nos últimos três ou quatro séculos da nossa civilização, nós - cidadãos das megalópolis e espectadores das fotografias de Plotnikova - geralmente assumimos que o tempo é linear, a memória refere-se ao que aconteceu antes de um momento no presente, e o futuro ainda não existe. Plotnikova é atraída pelas gentes e povos que sabem viver dentro dos grandes ciclos naturais, quando a memória do passado significa o conhecimento do futuro e o tempo se enrola e emaranha como um fio ou uma cobra e se relaciona com o passado e o presente, o futuro e o presente, ou o passado e o futuro simultaneamente.

 
Cultura | Museus | Exposição
Título:
Comentário: