Parque da Cidade acolhe 35ª Mostra de Artesanato e Cerâmica de Barcelos
25/07/2017



De 28 de julho a 13 de agosto, Barcelos volta a ser a Capital do Artesanato e recebe, no Parque da Cidade, a 35ª edição da Mostra de Artesanato e Cerâmica do concelho. Mais de 125 artesãos, 80 dos quais de Barcelos, estão representados neste certame que conta com cerca de 140 stands espalhados pelas várias áreas do recinto do Parque.

A maior mostra de criatividade em Portugal tem como objetivo promover o artesanato e os artesãos, sendo o grande evento anual na área do artesanato, afirmando Barcelos como Capital do Artesanato e trazendo à cidade muitos milhares de pessoas.

À semelhança dos anos anteriores, a edição deste ano da Mostra vai brindar o público com diversos espetáculos musicais, arruadas pelos grupos folclóricos e etnográficos, animação de rua e outras atividades que, ao longo da iniciativa, vão animar quem visita o concelho. Depois do sucesso o ano passado, os workshops, dedicados a vários temas, voltam a marcar presença uma vez que conquistaram um lugar de destaque nesta Mostra.

A edição de 2017 decorre numa altura em que a UNESCO está a analisar a candidatura de Barcelos à Rede de Cidades Criativas. Reconhecido como a Capital do Artesanato, o concelho vê agora alargadas as suas aspirações através da candidatura à Rede, no domínio do artesanato e arte popular.

Para o Presidente da Câmara de Barcelos, Miguel Costa Gomes,“é uma candidatura que se construiu em torno da tradição artesanal e da arte popular como um incontestável valor patrimonial, histórico e social”, acrescentado que as artes e ofícios tradicionais são o âmago do povo barcelense e a criatividade, o legado que os mais nobres artistas cultivam ao longo de séculos”. “Barcelos terá assim mais um motivo de orgulho quando, em outubro próximo, for reconhecida como Cidade Viva e Criativa, uma terra de mestres artesãos com reconhecimento no país e no mundo por ser terra de barristas”, remata o autarca.

Os grandes vultos da arte popular portuguesa são nativos deste território, como Rosa Ramalho, Ana Baraça, Mistério, Rosa Côta, Ana Berguesa, Mário Branco, Maria Sineta, entre outros. De igual modo, as produções artesanais mais dinâmicas e sustentáveis do território nacional encontram-se em Barcelos, bem como os seus mais conceituados artistas como Júlia Ramalho, Irmãos Baraça, Irmãos Mistério, Conceição Sapateiro, Manuel Macedo, Rosa Portela, entre outros.

Tudo isto poderá ser encontrado na 35ª edição da Mostra de Artesanato e Cerâmica, um espaço que servirá também para experienciar e vivenciar as artes e os ofícios artesanais.

Até 13 de agosto o Parque da Cidade estará engalanado para receber milhares de visitantes que procuram não só os clássicos Cristos dos Ramalhos, os Diabos dos Irmãos Mistério ou as Bonecas da Côta, mas também as novidades das novas gerações de artesãos que deixam marca com grandes e inovadoras interpretações do Galo.

O Concerto ao Artesanato, este ano, acontece no dia 12 de agosto, durante o qual serão entregues os prémios Inovação, Carreira, Revelação Artesanato Contemporâneo e Revelação Artesanato Tradicional. A atuação é da Banda Musical de Oliveira e do Coro de Câmara de Barcelos.

Este certame, um dos mais antigos do país, conta com a presença dos mais importantes artesãos de cada setor do artesanato (figurado, olaria, cestaria e vime, ferro e derivados, madeira e bordados) e retrata toda a riqueza da arte e do trabalho tradicional.

Na animação diária, pode sempre contar com as arruadas dos grupos tradicionais do concelho, a música ao vivo na Praça da Alimentação, e muita música no palco principal. Este ano sobem ao palco Sons do Minho, 7Saias, Quinta do Bill, Banda Atlantis e Diana Martins, e muitos outros que farão desta edição um verdadeiro sucesso.
 
 
Comentários
Deixe aqui o seu comentário
Título:
Comentário: