Do Avesso
12/09/2018
Em setembro, assinalam-se os 13 anos de vida do Centro Cultural Vila Flor (CCVF), em Guimarães, e o Teatro Oficina, em colaboração com o serviço de Educação e Mediação Cultural, virou o CCVF “Do Avesso” para, juntamente com o público, investigar e desvendar este espaço, percorrendo labirínticos corredores, recônditas oficinas e outras passagens (quase) secretas que abrigam memórias e preservam saberes das pessoas que aqui trabalham. O CCVF abre-se, assim, aos espetadores a 16 e 17 de setembro para, em conjunto, celebrar.
Nos dias 16 e 17 de setembro, o Teatro Oficina apresenta, em colaboração com o serviço de Educação e Mediação Cultural, um espetáculo que é uma visita ou uma visita que é um espetáculo, e abre, assim, as portas do CCVF para levar o público a descobrir “Do Avesso” os lugares secretos deste espaço. “Do Avesso” é fazer o percurso inverso que por norma fazemos quando chegamos ao teatro. É ser levado por um grupo inusitado de pessoas que preenchem o quotidiano de uma sala de espetáculos e ir com elas às entranhas do lugar onde a arte acontece. É ver “Do Avesso” este lugar que apenas vislumbramos na distância que compete à plateia.
 
“Do Avesso” é o projeto vencedor da 1ª Bolsa do Gangue de Guimarães (artistas de artes performativas cartografados pelo Teatro Oficina que são provenientes de Guimarães ou com íntima relação com este território, encontrando-se espalhados pela cidade, pelo país e pelo mundo). Entre os elementos que constituem este projeto encontramos Manuela Ferreira, responsável pela encenação e dramaturgia, e Mário Alberto Pereira, Rita Morais e Tiago Porteiro, no papel de intérpretes.
 
No domingo (16 de setembro), a estreia está marcada para as 17h00. Na segunda-feira (17 de setembro), haverá duas sessões para grupos escolares e outras instituições, às 10h30 e às 15h00, que carecem de marcação prévia através do telefone 253 424 700 ou do e-mail mediacaocultural@aoficina.pt. “Do Avesso” vai repetir-se todos os meses, até ao final do ano: para público geral e famílias nos domingos 7 de outubro, 4 de novembro e 9 de dezembro, às 11h00; para grupos escolares e outras instituições nas segundas-feiras 8 de outubro, 5 de novembro e 10 de dezembro, às 10h30 e 15h00, sujeitas a marcação.
 
Os bilhetes para as sessões de domingo poderão ser adquiridos, como habitualmente, nas bilheteiras do Centro Cultural Vila Flor, do Centro Internacional das Artes José de Guimarães e da Casa da Memória de Guimarães, bem como nas lojas Fnac e El Corte Inglês, entre outros pontos de venda, e na internet em oficina.bol.pt e www.ccvf.pt, onde pode ser consultada a programação completa deste mês de setembro do Centro Cultural Vila Flor.