Festas da Cidade e Gualterianas
29/07/2020
A edição de 2020 das centenárias Festas que anualmente marcam o Verão dos habitantes e visitantes da Cidade Berço nesta altura do ano, ganham vida a partir desta sexta-feira. No particular contexto que vivemos devido ao atual panorama de saúde pública, as Festas da Cidade e Gualterianas adaptam-se para se mostrar em Guimarães, exigindo um esforço comum para tornar as coisas possíveis no ato de fazer acontecer e permitir a participar, não dispensando a máxima segurança.
O programa concentra-se ao longo de quatro dias – 31 de julho a 3 de agosto – mas estende-se no tempo em algumas das suas propostas. As celebrações em honra de São Gualter, realizadas em Guimarães desde 1906, despem-se de vários dos seus números habituais para surgir com uma roupagem incontornavelmente distinta em muitos dos seus pontos de programação mais característicos, preservando o seu cariz de fruição ao ar livre e mantendo presente a diversidade de géneros artísticos nas propostas apresentadas – reforçada pela convocatória ‘Projeta! Cria! Participa!’ –, mapeando uma alargada presença nas artérias e praças da cidade.
 
O contexto de pandemia impede a existência dos habituais grandes concertos, do espaço de diversões e da sempre memorável Marcha Gualteriana, com o natural objetivo de evitar aglomeração de pessoas. De modo a permitir maior dispersão dos públicos e um maior usufruto da cidade por parte das pessoas, o trânsito poderá ser ordenado diferenciadamente, facilitando, nomeadamente, a visita à Exposição da Casa da Marcha (Jardim do Alameda de São Dâmaso) ou a Exposição ‘A Muralha’ (Largo do Toural).